Times Square e o primeiro dia em Nova York

Um pouco sobre Nova York

Nova York é a cidade mais populosa dos Estados Unidos e sua região metropolitana tem uma das maiores populações do planeta. A cidade exerce um impacto enorme sobre o mundo inteiro, seja no comércio, na moda, na música, na arte etc. Ali está sediada a Organização das Nações Unidas (ONU) e, a julgar pelos seus inúmeros museus e centros culturais, pode ser considerada a capital cultural do mundo.

Ela é formada por cinco boroughs, que é uma espécie de divisão administrativa, que são o Brooklyn, Bronx, Manhattan, Queens e Staten Island. Uma viagem a Nova York pode combinar compras pelas principais lojas de grifes famosas, um passeio tranquilo pelo Central Park e uma aula completa de história e arte nos seus incríveis museus.

Planejando o roteiro

Planejar um roteiro por Nova York não é tarefa fácil. Tudo vai depender de onde você vai se hospedar e como irá se locomover pela cidade durante a viagem.

Foto retirada do site: ci.com.br
Onde se hospedar na cidade?

Optamos por reservar uma hospedagem a duas quadras da Times Square. Ficamos na West 50th Street, que fica logo abaixo do Central Park, se você olhar o mapa de Manhattan de cima. Esse local fica praticamente no meio da ilha. Isso proporciona um tempo médio de viagem a todos os pontos turísticos, não tornando nenhum deles extremamente longe. Também fomos cuidadosas em reservar um local próximo a uma estação de metrô e que fosse um bairro seguro.

São boas opções para se hospedar na cidade os bairros Chelsea, Hell’s Kitchen, Meatpacking District, East Village e SoHo. Clique nas marcações coloridas do mapa abaixo para ver onde ficam os bairros e a sua proximidade com o Central Park e a Times Square.

Como se locomover na cidade?

Fiz todo o meu roteiro utilizando transporte público (metrô e ônibus). Utilizei táxi e Uber somente para o deslocamento aeroporto-hotel e vice-versa. Os táxis em Nova York são caros. Também já ouvi histórias de pessoas que foram extorquidas por taxistas que se aproveitaram da ingenuidade dos turistas. Então fique atento se for utilizá-los e saiba, previamente, qual a estimativa de valor e a distância entre os pontos que irá percorrer.

Foto retirada do site: theepochtimes.com
Entendendo o transporte público

O metrô de Nova York chega a qualquer região de Manhattan e funciona 24 horas por dia. É uma ótima opção para quem vai passar alguns dias na cidade e se locomover bastante.

Optamos por comprar o MetroCard, que é um cartão que pode ser utilizado tanto no metrô como no ônibus. Ele é prático e excelente para quem vai utilizar transporte público na cidade. Você também pode utilizá-lo para ir para fora de Manhattan e circular pelos outros boroughs.

Como utilizar o MetroCard?

Você pode comprar o MetroCard e colocar crédito que dura 7 ou 30 dias, com viagens ilimitadas de metrô e ônibus durante esse período. Atualmente, o passe para sete dias custa USD31,00 e o de trinta dias custa USD116,50. Para adquirir um novo cartão, é cobrado o valor de USD1,00, que pode ser recarregado de forma ilimitada.

No site oficial, há uma tabela comparativa que ajuda você a escolher a melhor opção, levando em conta o número de viagens que você irá fazer por dia. Por exemplo, se você utilizar pelo menos 13 trechos de transporte público por semana, vale a pena comprar o passe semanal, pois cada trecho sairá por USD2,38 (o valor de compra individual seria de USD2,75).

Se você for ficar menos tempo em Nova York, tem a opção de adquirir os combos do Pay-Per-Ride para o seu MetroCard. Você irá colocar créditos nele de acordo com o número de viagens que pretende fazer. Por exemplo, se você colocar um crédito de USD10,00, poderá fazer quatro viagens, saindo cada uma por USD2,50 (na compra de cada uma individualmente sairia por USD2,75).

Como adquiri-lo?

Compramos o nosso MetroCard em uma máquina de auto-atendimento dentro do próprio metrô. As instruções são em várias línguas, como o espanhol, mas não encontrei a opção em português. Vi algumas pessoas observando os turistas tentando comprar o cartão e se oferecendo para ajudar, mas depois cobraram por isso. Então fique atento!

Você também tem a opção de comprar e recarregar o cartão em Station Booths. Eles são pontos de venda com funcionários do próprio metrô.

Foto retirada do site: nydailynews.com

Conhecendo a Times Square

Chegamos em Nova York logo após o meio-dia. Como estávamos pertinho da Times Square, fomos conhecê-la. Ela causa uma sensação de deslumbramento à primeira vista, seja pelos seus telões, seus prédios gigantes ou pelos turistas de todos os cantos do mundo. É realmente MUITA gente e brilho para todos os lados!

Iniciamos o passeio na escada vermelha que fica em cima do quiosque da TKTS Times Square. Para encontrá-la, vá até a esquina da 7ª Avenida com a West 47th Street. Na Times Square, aproveite para caminhar e ver as inúmeras opções de lojas e restaurantes por toda sua extensão.

M&M’s World

A M&M’s World é uma imensa loja que fica em uma esquina e não passa despercebida. Ela tem dois andares repletos de chocolates, brinquedos e diversos produtos da marca M&M’s. A loja é semelhante às de Londres e de Las Vegas, onde vendem M&M’s a granel e uma infinidade de produtos personalizados da marca.

Endereço: 1600 Broadway, New York, NY 10019

Hershey’s Chocolate World

A Hershey’s Chocolate World é uma loja imensa com a temática dos chocolates da marca. Aproveite para comprar os sacos de 1 quilo de Reese’s Peanut Butter Cups: um dos melhores da Hershey’s!

Endereço: 1593 Broadway, New York, NY 10019

Disney Store

A Disney Store é uma loja enorme da Disney, como as diversas outras unidades espalhadas pelo mundo. Ali você encontra roupas, bonecos, ursos de pelúcia e fantasias da marca. É uma graça e é impossível sair sem uma sacolinha!

Endereço: 1540 Broadway, New York, NY 10036

Telão da Times Square

Em meio à Times Square, há um telão gigante que filma a multidão à sua frente. Ele filma todos e vai dando zoom até focar em alguém em especial. Nos apertamos um pouquinho em meio às pessoas e conseguimos aparecer. 🙂

O telão fica na esquina da Times Square com a West 43rd Street, em cima de uma unidade do Starbucks. Por ali também é comum ver o naked cowboy, que fica tocando violão só de sunga e chapéu.

Informações importantes

A melhor forma de organizar o seu roteiro por Nova York é por regiões de Manhattan. Ou seja, planeje-se para, pela manhã, pegar o metrô até determinada região da ilha e visitar as atrações daquela parte da cidade. Como Manhattan é muito grande, não tem como ir e voltar ao seu hotel durante o dia, a menos que você esteja visitando algum lugar próximo a ele.

Mesmo permanecendo somente em determinada região em um dia, tenha em mente que você vai caminhar MUITO. As quadras são extensas e nem tudo é tão próximo como parece. Uma visita a Nova York exige que você caminhe bastante e por longas distâncias. Então leve na sua mala sapatos muito confortáveis. Também sugiro deixar os locais de compras para o fim do seu dia, senão você vai ter que carregar as sacolas pelo resto do dia até voltar ao hotel.

Gostou do que está lendo?

Junte-se à nossa rede de viajantes e receba grátis as atualizações do blog!>

Comente aqui!

Comentários