Dachstein Glacier: roteiro de um dia perfeito na Áustria

Um pouco sobre o Dachstein Glacier

Dachstein Glacier é uma geleira localizada acima da cidade austríaca Ramsau am Dachstein, que fica pertinho da fronteira com a Alemanha. A geleira também é facilmente acessível desde Salzburgo, a cerca de 1h30min de carro ao sul dessa encantadora cidade austríaca. Pertinho dali também fica Hallstatt, famoso destino dos brasileiros na Áustria.

Lá em cima da montanha, há uma estação de esqui que normalmente é frequentada por locais. O esqui é praticado durante as quatro estações, já que a neve no topo está presente durante o ano todo, embora mais fraca no verão.

Além do esqui, o Dachstein Glacier proporciona inúmeras atividades, que são diversão garantida para a família toda. Há mirantes lindos, um restaurante com vista para a montanha, caverna de gelo, a ponte suspensa mais alta da Áustria e, ainda, o seu cartão-postal chamado Stairway to Nothingness.

Para ver todos os posts sobre a Áustria, clique aqui

Entenda onde fica o Dachstein Glacier

No mapa abaixo, eu marquei em roxo o Dachstein Glacier. A geleira fica mais ou menos no coração da Áustria, próxima da fronteira com a Alemanha. Das cidades austríacas mais populares entre os brasileiros, ficam pertinho da geleira Salzburgo e Hallstatt, que estão marcadas em amarelo. Viena e Innsbruck estão marcadas em verde.

A estrada para Dachstein Glacier é maravilhosa!

Como é o passeio?

Seja qual for a estrada que você pegar para chegar a Dachstein Glacier, prepare-se para suspirar a cada curva. A paisagem da região dos Alpes é simplesmente maravilhosa! Fomos na primavera, em um lindo dia de céu azul, e o clima não poderia ser melhor para um passeio como esse.

Coloque no GPS para chegar em Dachstein-Gletscherbahn, que é de onde sai o teleférico panorâmico que leva as pessoas até o topo da montanha. Em frente à gôndola, há amplo estacionamento e um restaurante com banheiros limpos. Mesmo que o tempo não esteja tão frio, capriche no casaco, nas luvas e na toca, pois lá em cima tem um vento congelante!

Dirija-se até a bilheteria e compre o ticket que inclui subida, descida e acesso à ponte suspensa e à caverna de gelo. Depois basta esperar a próxima gôndola, que sai normalmente a cada 15 minutos. A subida ocorre em cerca de 10 minutos e não poderia ser mais maravilhosa. A cabine é toda de vidro e, para qualquer lugar que você olhe, há montanhas e muito gelo!

Quanto custam os ingressos?

Ingresso somente de subida e descida de gôndola:

  • Adultos (maiores de 18 anos): 37 Euros
  • Adolescentes (de 16 a 18 anos): 28 Euros
  • Crianças (de 6 a 15 anos): 18,50 Euros

Ingresso somente de subida e descida de gôndola, a partir das 13 horas:

  • Adultos (maiores de 18 anos): 32 Euros
  • Adolescentes (de 16 a 18 anos): 24 Euros
  • Crianças (de 6 a 15 anos): 16 Euros

Ingresso combinando subida e descida de gôndola, com entrada na ponte suspensa e no palácio de gelo:

  • Adultos (maiores de 18 anos): 45,50 Euros
  • Adolescentes (de 16 a 18 anos): 35 Euros
  • Crianças (de 6 a 15 anos): 23 Euros

Ingresso combinando subida e descida de gôndola, com entrada na ponte suspensa e no palácio de gelo, a partir das 13 horas:

  • Adultos (maiores de 18 anos): 40,50 Euros
  • Adolescentes (de 16 a 18 anos): 31 Euros
  • Crianças (de 6 a 15 anos): 20,50 Euros

Horários de funcionamento

O horário de funcionamento da gôndola e das atrações da montanha vai depender das condições climáticas do dia. A primeira subida da gôndola varia das 7:50 às 8:30, conforme a estação do ano. A descida também tem flexibilidade de horários, podendo a última variar das 16:50 às 17:30.

A Suspension Bridge, a Stairway to Nothingness e o Ice Palace abrem, diariamente, das 8:30 às 16:30. De qualquer maneira, fique atento à previsão do tempo e consulte o site oficial antes de ir para não correr o risco de chegar lá e não poder subir por causa do mau tempo.

A incrível Suspension Bridge!

1. Suspension Bridge

Em Dachstein Glacier fica a Suspension Bridge, que é nada menos que a ponte suspensa mais alta de toda Áustria! Ela fica a cerca de 2.750 metros de altura e tem aproximadamente 100 metros de comprimento. Apesar desse tamanho todo, a estrutura da ponte é tão grossa que ela nem balança.

A ponte liga a estação de esqui à Stairway to Nothingness e ao Palácio de Gelo. Então, se quiser visitá-los, deixe o medo de lado e atravesse a Suspension Bridge admirando a paisagem a cada passo. A vista é simplesmente maravilhosa. Logo abaixo, estarão ao alcance dos seus olhos o topo dos picos mais altos da Áustria.

2. Stairway to Nothingness

Logo após atravessar a Suspension Bridge, você irá chegar à Stairway to Nothingness. Ela é nada menos que uma escada com quatorze degraus que, literalmente, acaba no nada! Na sua ponta, há um piso e paredes de vidro, com uma vista sensacional dos picos mais altos da Áustria.

Quando foi inaugurada, em 2013, a ponte e a escada somente eram acessíveis para hóspedes de um hotel que fica próximo à geleira. Com o tempo, elas foram abertas para o público em geral. Na nossa ida até lá, tivemos a sorte de ter a ponte e a escada todinhas para nós, então pudemos fotografá-las com calma e de todos os ângulos possíveis.

3. Ice Palace

Bem em frente à Stairway to Nothingness fica o Ice Palace. Esse palácio de gelo é o lugar mais frio de toda geleira! Lá dentro, tudo é feito de gelo, incluindo paredes e esculturas que estão para todos os lados. O chão é muito liso e escorregadio (imagine caminhar em cima de uma pedra de gelo gigante), então tenha MUITO cuidado para não se esborrachar no chão.

A parte mais legal do palácio é uma poltrona feita toda de gelo, que você pode sentar para tirar fotos à vontade. Ao longo do caminho, placas também informam que, acima das nossas cabeças, há gelo com espessura de 6 metros. Para fazer todo passeio, basta você ir seguindo o corrimão até chegar à saída, sendo que o caminho todo dura mais ou menos quinze minutos.

4. Skywalk

A Skywalk é uma plataforma de observação que fica próxima à gôndola que você usou para subir a montanha. Ao seu redor, você irá ver um incrível panorama dos Alpes austríacos. Bem na pontinha, também fica o piso de vidro: tente não sentir frio na barriga ao olhar para baixo!

5. Glacier Restaurant

Lá em cima da montanha, também fica o Glacier Restaurant. O restaurante é grande, quentinho e tem janelas enormes de vidro que proporcionam uma vista linda dos picos nevados. Uma curiosidade interessante é que, bem no meio do restaurante, fica a fronteira de dois estados austríacos: Styria e Upper Austria.

O sistema do restaurante é self-service, então basta você se servir, pagar no caixa e escolher sua mesa. Há algumas opções de sopas (em tamanho pequeno ou grande), lanches, doces e cervejas. Aproveitamos que estava frio e tomamos sopa de legumes com croutons, que acompanhava um cestinho de pão.

O Glacier Restaurant fica bem ao lado da estação de desembarque da gôndola. Ali também são vendidos souvenirs em geral da geleira. Na parte externa, também há mesas disponíveis. O legal de sentar lá fora é a vista, mas haja paciência para espantar os corvos e comer com aquele vento gelado batendo no rosto…

Aproveite também a neve!

Além dos pontos turísticos, a estação também tem bastante neve acumulada no chão. Lembre-se que nessa geleira neva o ano inteiro! Em alguns lugares, chegamos a ficar com a neve pelo joelho. É uma delícia pegar aquela neve fofinha (e super gelada) na mão e pisar fundo até enterrar os pés em tanto gelo.

Para se deslocar de um lado para o outro, há esteiras que também podem ser usadas por quem não está esquiando. Na parte de fora da esteira, tem uma escada que fica completamente coberta de neve. Subimos e descemos de todas as formas! Atente também que tem muitos corvos rondando as áreas abertas, já que eles estão sempre procurando por alguma comida.

Tome nota antes de ir

Jamais pegue a estrada para ir a Dachstein Glacier sem consultar as condições climáticas do dia. Vá em um dia de céu limpo para poder aproveitar a vista, principalmente da Stairway to Nothingness. Também capriche no casaco, pois lá em cima venta bastante e lugares como o Ice Palace são mais frios ainda!

Nós também fomos a Dachstein Glacier em um dia de semana e chegamos bem cedinho. Isso foi muito bom porque subimos na gôndola praticamente vazia. Não consigo imaginar que chato deve ser disputar um lugar nos mirantes, na ponte e na escada com uma multidão de gente.

Chegando pertinho da geleira…
Não esqueça de validar o estacionamento antes de ir embora

Quando chegar na estradinha que leva a Dachstein Glacier, você irá pegar um ticket de estacionamento. Antes de ir embora, não esqueça de validá-lo no caixa em que você comprou os ingressos da gôndola. Basta entregar o ticket à atendente do guichê que fica em frente ao estacionamento para que ela isente você de pagá-lo.

Catraca na entrada da rua que leva até o estacionamento
Não esqueça da Vignette: pedágio obrigatório para entrar na Áustria

Outra informação importante é que, se você estiver entrando na Áustria de carro a partir de outro país, deve adquirir obrigatoriamente a Vignette. Esse selo é colado no parabrisa do carro e é uma espécie de autorização para circular pelas rodovias do país.

Esse selo-pedágio é exigido em vários países da Europa. Para adquiri-lo, basta você procurar o primeiro posto de gasolina logo após atravessar a fronteira do país. Na loja de conveniências, compre a Vignette com validade proporcional para o número de dias que você vai ficar no país.

As opções de Vignette na Áustria são com as seguintes validades e preços:

  • 10 dias: 5,10 Euros (motos) e 8,90 (carros e motorhomes)
  • 2 meses: 13 Euros (motos) e 25,90 Euros (carros e motorhomes)
  • 12 meses: 34,40 (motos) e 86,40 (carros e motorhomes)

 

Cole a parte de cima no parabrisa e guarde a parte de baixo como comprovante

A estrada já é uma atração por si só…

As estradas da Áustria são umas das mais lindas que eu já vi na vida. Parece que a todo momento você está em uma foto de quebra-cabeça. É tudo perfeito e em sintonia: montanhas com picos nevados, gramas verdes, chalés de madeira e, em vários pontos, vaquinhas leiteiras.

Andamos bastante pelas estradas de outros países da Europa e foi justamente indo a Dachstein Glacier que paramos no nosso primeiro pedágio. A tarifa era de 5 Euros, tanto para carros como para motos, e eles aceitavam dinheiro e cartão para o pagamento.

Para ver todos os posts sobre a Europa, clique aqui

Gostou do que está lendo?

Junte-se à nossa rede de viajantes e receba grátis as atualizações do blog!>

Comente aqui!

Comentários